Militares tomam igrejas e interrompem missões após aumento de violência em Camarões

Mais de 2 mil pessoas foram mortas e cerca de 170 aldeias foram queimadas nas regiões de língua inglesa de Camarões, país da África Central. O aumento da violência interrompeu as ações missionárias e também os grupos de tradução da Bíblia, alertou um líder cristão.
A violência aumentou nas regiões anglófonas de Camarões nos últimos 18 meses, com relatos de forças estatais lançando uma série de ataques aleatórios, sequestros e estupros contra residentes de língua inglesa e suas aldeias no oeste de Camarões.
Depois que os residentes de língua inglesa nas regiões Noroeste e Sudoeste protestaram em outubro de 2016, exigindo autonomia Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!