Médico Famoso quebra o silêncio e diz que as pessoas morrem de quimioterapia, não de câncer

Dr. Hardin B Jones trabalhou na Universidade da Califórnia como professor de fisiologia médica, bem como assistente do diretor do Laboratório Donner de Berkeley.
Ele passou 25 anos mapeando a expectativa de vida de pacientes que receberam quimioterapia como tratamento principal após receberem um diagnóstico de câncer e aqueles que não fizeram o tratamento. Suas descobertas foram de que a quimioterapia, pelo menos a versão da quimioterapia oferecida antes de sua morte em 1978, na verdade fez mais mal do que bem. Ele descobriu que os pacientes em 97% dos casos morreriam da quimioterapia muito mais cedo, e aqueles que se Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!