Escola é denunciada ao Ministério Público por promover ideologia de gênero, no Ceará

Pais de alunos de uma escola do interior do Ceará se mostraram revoltados com o conteúdo de um livro paradidático. Intitulado “Cultura de Paz – Aprendizagem Socioemocional”, a obra incentiva as crianças acreditaram que não “há várias formas de ser menino ou menina”.
Eles acionaram a deputada estadual Dra. Silvana (PR), conhecida por suas lutas em favor da família. Evangélica, ela criticou durante sessão no plenário da Assembleia Legislativa a utilização do livro paradidático por alunos da rede de ensino municipal de Juazeiro do Norte (CE).
Para a parlamentar, o livro é uma forte contribuição para reforçar a ideologia de gênero nos Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!