Demitida por orar com pacientes, enfermeira recupera emprego após julgamento

Uma enfermeira britânica, que foi demitida por conversar com pacientes sobre sua fé cristã e orar com alguns deles foi agora autorizada a retornar ao trabalho, no Reino Unido.
A organização ‘Christian Concern’, que apoiou a enfermeira Sarah Kuteh, revelou que o julgamento só teve seu resultado divulgado recentemente, mas havia sido entregue em 26 de julho pelo Conselho de Enfermagem, que conduziu o processo.
A decisou afirmou que Kuteh está “apta a praticar” e que “é de interesse público apoiar uma enfermeira experiente e competente”.
Kuteh foi demitida em junho de 2016 pelo Serviço Nacional de Saúde, após reclamações de alguns pacientes Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!