China aumenta restrição de cristãos na internet

O governo chinês restringiu mais ainda as leis sobre o uso da internet local. Em 2013, o presidente chinês Xi Jinping anunciou, logo no início de seu primeiro mandato, que prestaria mais atenção na forma como os chineses utilizavam a internet.
Já no mês passado, Pequim apresentou um projeto de nove diretrizes para lidar com o que o governo chamou de promoção de religião via internet e ainda classificou a ação como “caótica” e “ilegal”.
Segundo a Portas Abertas, com as novas leis em vigor, as organizações que tentarem distribuir informação religiosa on-line terão que obter uma licença do departamento de assuntos Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!